O Cirque du soleil, o sucesso e a navegação no ‘oceano azul’

Cirque su Soleil é considerado um verdadeiro estudo de caso, pois esta marca conseguiu reinventar o circo, juntando-lhe as técnicas do teatro e os efeitos especiais do cinema.

Mais de 90 milhões de pessoas no mundo todo já viram a performance dos seus artistas e podemos considerar mesmo que o Cirque su Soleil conseguiu transformar o ‘circo’, abrindo desta forma um mercado novo. Essa mudança de paradigma está bem representada na sua curva de valor.

“Valor é aquilo que é útil ao cliente e que o move a adquirir
um produto ou serviço”.

BOOTCAMP EMPREENDEDOR - II PARTE (13)

De acordo com o livro ‘A Estratégia do Oceano Azul’, o Cirque du Soleil conseguiu penetrar no mercado porque procurou aspetos que o público valorizaria e que os circos considerados ‘convencionais’ não ofereciam. Assim, percebeu que aspetos como música e dança artísticas, histórias, temas e até o conforto dos espectadores (cadeiras confortáveis) seriam pontos onde valeria a pena apostar).

A proposta de valor do Cirque du Soleil assenta nalguns pontos, considerados por alguns autores como, características chave do sucesso: são elas a performance acrobática, a atuação, as base nas formas de arte pelo mundo, a criação de mundos imaginários e até a dança.

o empreendedor bracarense

No entanto, se investigarmos um pouco mais é fácil perceber que o percurso não foi fácil. Algumas fontes bibliográficas destacam que os fundadores (Daniel Gauthier, Gilles Ste-Croix e Guy Laliberté) começaram por ser responsáveis de um abrigo de artistas. Após conseguirem convencer o governo do Quebeque a financiar uma tour que se revelou um fracasso ao nível financeiro, perceberam que os espectáculos foram muito bem recebidos pelo público.

Após um novo investimento por parte do governo, organizaram um novo espectáculo alusivo ao 450.º aniversário da cidade – havia nascido o Cirque du Soleil.
A história da empresa passa ainda por vários problemas financeiros e mudanças no modelo de negócio até conseguirem que um dos seus espectáculos, o Nouvelle Expérience permanecesse durante bastante tempo no  The Mirage Resort and Hotel, em Las Vegas relevando-se um sucesso.

O Cirque cresceu, passando de uma conceito com 73 artistas (em 1984), para mais de 3.500 empregados, em mais de 40 países e um lucro anual estimado em mais de 700 milhões de euros.#

dsc_2736_impressao

Rui Pinheiro | gestor do blog O Empreendedor bracarense
Anúncios

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s