O meu novo empreendedorismo são as pessoas (III parte)

#womensclubportugal
Hoje Sandra dá a cara pelo #womensclubportugal, um clube de networking, sem estereótipos, que, de acordo com a empreendedora, foi criado para “dar mais voz às mulheres e ser um canal de Oportunidades, Igualdade, União, Amor e mais lobby, a nós mulheres e aos homens também, em conjunto como UNO”.

O conceito, que tem vindo a crescer por todo o mundo, nasceu de uma necessidade que a empreendedora sentia na sociedade portuguesa e com base de uma experiência de networking que viveu nos USA: “durante quatro anos de vivência entre USA e Portugal eu só tinha amigos e mentores americanos e que são do mais valioso que tenho ainda hoje, mas faltava-me o aconchego lusitano. (…) Um dia fui convidada para ir a uma Happy Hour do Portuguese  Circle, num bar em NYC e durante duas horas foi tão bom conhecer empreendedores portugueses como eu, que desde aquele dia, eles passaram a ser os meus pilares na minha cruzada externa”.

“Em Portugal, eu senti essa necessidade por parte das pessoas, especialmente das mulheres, porque não tem um espaço, um momento, um local onde possam ter voz, sem serem julgadas ou estereotipadas, por serem empresárias, por serem trabalhadoras por contra de outrem, por serem juízas e não médicas, por serem tecno e não advogadas, e o Women’s Club é isso tudo”.

SIC - o empreendedor bracarense 7[foto Women’s club Portugal]

No #womensclubportugal todas as mulheres e homens são bem-vindos e uma vez por mês, na “happy hour” (em Lisboa, Porto ou Algarve) os participantes encontram-se para se darem a conhecer, partilhar as nossas dificuldades, beber um copo descontraidamente e ouvir sempre um convidado(a) especial.

O equilíbrio
Sandra faz meditação e reiki e assume que isso a ajuda a manter o equilíbrio: “desde adolescente que eu sabia que tinha algo especial, porque recebi uma mensagem de Deus, o que fez com que durante muitos anos, eu já ajudasse os outros, mas não sabia muito bem porque o fazia ou como o fazia. Era tudo muito intuitivo”.

“Há cerca de 12 anos, numa fase menos boa do meu EU, descobri o reiki e foi através do reiki que comecei a entender-me, a usar uma técnica para aplicar a minha intuição comigo e com os outros, mas sobretudo foi onde encontrei o meu equilíbrio e me aceitei como sou. De onde venho e para onde vou e a minha missão”.

A empreendedora assume que dentro da vida atribulada que tinha a viajar entre continentes, a meditação e o reiki a ajudaram a manter o equilíbrio, assumindo que desde esse momento tem vindo sempre a aprender mais, a aperfeiçoar a sua intuição e hoje ensina os outros também para serem mais felizes consigo próprios, como Sandra é consigo mesma.

SIC - o empreendedor bracarense 2


Futuro
Com a aprendizagem, Sandra admite ter descoberto a sua missão, “o seu novo empreendedorismo”: as pessoas. Para o futuro, onde assume já estar a trabalhar no presente: “vou lançar um website meu, onde vou colocar à disposição as práticas que as pessoas podem fazer comigo, desde sessões privadas de mentoring empresarial e espiritual, aos meus retiros espirituais que já estou a desenvolver, e ao mindfulness de cada um”.

Sandra está ainda a investir na sua educação, na área do Mindfulness para vir a ser professora certificada e depois trabalhar com as pessoas dentro das empresas, fora das mesmas, com empreendedores, pessoas comuns:

“todos que precisem de mim para serem pessoas felizes num mundo mais Igual”.

 

 

dsc_2736_impressao
RUI PINHEIRO | MENTOR DO BLOGUE O EMPREENDEDOR BRACARENSE
Anúncios

One Comment Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s